"Ajudando as mulheres a liderar, vencer, governar." ✫Desde 2009✫

Comentários ‘janete vaz’

Clique para ampliar a imagem

Achar um espaço na agenda de Janete é muito difícil. Neste dia por exemplo, ela tentava conseguir mais uns minutos na jornada para receber um grupo de técnicos,de Londres, em passagem pela cidade.

A atribulação é tamanha que você imagina que será recebida corretamente, claro, mas premida pelo tempo, entre um compromisso e outro.

Apesar da chuva e do engarrafamento gigantesco na cidade, não houve atrasos. Chegamos para entrevistá-la, meia hora antes do combinado e tivemos a oportunidade de testemunhar uma cena que explica a diferença do Sabin como empresa premiada com o Best Place to Work, muitas vezes.

Era dia do aniversário de uma funcionária e a festinha já estava armada, com cartazes nas paredes, balões, violão, o já famoso pão de queijo quentinho e a presença carinhosa da diretora.

Nesta entrevista ela nos conta como começaram, ela e  Sandra, que infelizmente não pode vir para o bate-papo. Fala também do percurso que traçaram, dos prêmios, do reconhecimento nacional e dos planos para o futuro.

O que salta aos olhos, ao lado da competência técnica e empresarial, é o carinho com que essas mulheres se dedicam ao seu trabalho, colaboradores e aos que, como nós, se interessam por essa realização.

Foi um prazer que desejamos compartilhar.

Por Gianna, com a colaboração e imagens de Fernando.

Empresárias e executivas de sucesso falaram ao mundo sobre vivências e perspectivas femininas nos aspectos social, econômico e político do Brasil

Dra. Janete Vaz na WTCA General Assembly

Que a voz feminina tem rompido fronteiras e conquistado cada vez mais espaço, ninguém duvida. A caracterização da mulher como sexo frágil perdeu força e, hoje, o que vemos são mulheres ocupando cargos antes dominados por homens e evoluindo, enquanto se desdobram nos papeis de mãe, esposa, dona de casa e mulher.

Reforçando esse time, a sócia-diretora do Laboratório Sabin, Janete Vaz, foi uma das representantes femininas no 42º WTCA General Assembly 2011, realizado no início deste mês em São Paulo. O evento possui importância mundial e reúne centenas de empresários de vários países para seminários e trocas de experiências comerciais.

A empresária dividiu a roda de debates do painel de abertura com representantes de organizações como Grupo Pão de Açúcar, Data Popular, Gradula Investimentos, UPS Brasil e Grupo TBA. “Tempo de Mulher: O novo papel da mulher no desenvolvimento social, econômico e político do país” foi o tema da discussão, que, por razões óbvias, teve a presença esmagadora delas.

A participação é sem dúvida uma conquista de Janete Vaz, que levou o nome de Brasília e do maior laboratório de análises clínicas do Centro-Oeste a um encontro de grande porte. Assim como ela, outras mulheres se destacaram na edição de 2011 do evento. Uma prova de que a intensidade da capacidade feminina é desconhecida até por quem a detém.

Laboratório Sabin entre as Melhores da América Latina

Pelo quarto ano consecutivo, uma empresa genuinamente brasiliense é eleita uma das 100 Melhores para Trabalhar na América Latina.

Orgulho é a palavra que define o sentimento de Janete Vaz, sócia-diretora do

Janete Vaz (direita) comanda o Sabin

Janete Vaz (direita) comanda o Sabin

Laboratório Sabin, que, pela quarta vez seguida, leva o nome de Brasília para o mundo. Há 26 anos no mercado de análises clínicas, o Laboratório Sabin foi novamente eleito entre as 100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina, resultado de uma pesquisa do Instituto Great Place to Work (GPTW). Um prêmio o qual concorreram 1.500 organizações, mas apenas 100 entraram no ranking final, sendo 17 brasileiras e uma única de Brasília, o Sabin.

A premiação aconteceu em Los Angeles (EUA), no mês de abril, exatamente quando Brasília completava 50 anos. “Passou um breve filme na minha cabeça sobre os 26 anos de construção de valores sólidos e sustentáveis. Me sinto muito orgulhosa e dedico esse prêmio à cidade que me acolheu”, comemorou Vaz, que ignorou o fuso horário e ligou para a sócia Sandra Costa avisando que o Sabin mais uma vez estava levando para fora do País o nome da capital federal de maneira bastante positiva.

Essa não foi a primeira vez que o Sabin entrou no ranking das empresas que valorizam seus colaboradores. Em 2008 e 2009, o Laboratório conquistou o título de melhor empresa para a mulher trabalhar, prêmio também concedido pelo Instituto GPTW. Ainda em 2009, o Laboratório foi eleito a 4ª melhor empresa para trabalhar pela Você S/A Exame.

O Laboratório Sabin contabiliza números expressivos na área em que atua. Somente em 2009, foram 800 mil exames entregues por mês. Hoje, são 60 unidades espalhadas pelo Distrito Federal, Goiás e Bahia que atendem mais de 100 mil clientes por mês, 20% maior que o ano passado. O número de colaboradores também cresceu: passou de 720 em 2008 para mais de 900 em 2010 (dados de março) no mesmo período analisado. “Conseguimos crescer 31% no ano passado, quando a crise internacional ameaçava as empresas”, conta Costa, que é diretora técnica do Sabin.

Política de benefícios – Como prova de reconhecimento e valorização do profissional, o Sabin adota uma política de benefícios aos colaboradores que poucas empresas brasileiras praticam. Para os que desejam estudar, o laboratório oferece bolsa de 50% a 80% e flexibilidade de horário para MBA, mestrado e doutorado. Para aqueles que almejam realizar o sonho do matrimônio, o Sabin presenteia com auxílio-casamento, Dia de Noiva e, ainda, auxílio-enxoval de bebê para as futuras mamães.

E os incentivos não param por aí. Os colaboradores, com um ano de casa, recebem de presente um kit beleza e um dia no SPA. Com cinco anos, um salário bônus. Já aqueles que completam 10 anos de Sabin são presenteados com um laptop. Aos 15 anos de trabalho, o colaborador pode aproveitar uma bela viagem a Porto Seguro (BA) com um acompanhante. E quem completa 20 anos de dedicação ao Sabin recebe um carro popular 0 km. Nessas quase três décadas, o Sabin já premiou 1.608 colaboradores, sendo um com a chave do novo carro.

Com esse pacote de vantagens e condições de trabalho diferenciado, o Sabin conseguiu conquistar ainda mais ainda mais a confiança e a fidelidade de seus colaboradores, além de aumentar a produtividade. Entre 2005 e 2009, a rotatividade dos profissionais caiu de 28% para 12% ao ano. Na área técnica, não houve nenhum desligamento no período. Segundo Janete Vaz, os benefícios oferecidos incentivam e valorizam o profissional. “Aprendi que os valores familiares podem ser muito bem empregados no trabalho e isso tem dado muito certo”, avalia.

Brasília tem melhor empresa do País para a mulher trabalhar

Com 72% de seu quadro de funcionários composto por mulheres, laboratório de análises clínicas ganha título por dois anos consecutivos

Dia da noiva, auxílio-enxoval de bebê, desconto em folha para gastos no salão de beleza. Estes são alguns dos benefícios que o laboratório Sabin oferece para suas funcionárias. Com mais de 70% de mulheres de um universo de quase 800 funcionários em suas 57 unidades, a empresa ganhou pela segunda vez consecutiva o título de melhor empresa para a mulher trabalhar do País e a 5ª melhor em critérios gerais, segundo o Instituto Great Place to Work. Em entrevista exclusiva ao Mulheres no Poder, a diretora executiva do laboratório, Janete Vaz, revela que os incentivos, que também são oferecidos para os homens da empresa, são formas de motivação e servem de investimento para que seus clientes sejam bem atendidos. Além disso, Janete conta como é a experiência de trabalhar com tantas mulheres e desmente mitos como a tensão-pré-menstrual (TPM) coletiva e a fama de que quando muitas mulheres ficam juntas, muitas fofocas surgem.

Ig
outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Curta!
Mulheresnopoder