"Ajudando as mulheres a liderar, vencer, governar." ✫Desde 2009✫

Sobre as especulações em torno da indicação de um novo diretor para a área internacional, Graça descartou o nome de Alexandre Pena Foto: Agência Brasil

Sobre as especulações em torno da indicação de um novo diretor para a área internacional, Graça descartou o nome de Alexandre Pena Foto: Agência Brasil

A presidente da Petrobras, Graça Foster, descartou nesta quarta-feira a possibilidade de ser extinta a Diretoria Internacional (DI) da empresa. Ao participar de evento promovido pelo Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), Graça Foster disse que considera a Diretoria Internacional “os olhos da Petrobras fora do Brasil”.

“Nós não teríamos o tempo e a dedicação que a Diretoria Internacional tem [para tratar das atividades da companhia fora do país]“, ressaltou Graça, lembrando que, há dois anos, discutiu-se internamente as dimensões ideais da DI. De acordo com a presidenta da Petrobras, sempre cabe discutir tal questão, uma vez que há setores que têm de crescer e outros que devem ser menores, dependendo do momento. “Mas não ter a área [internacional] é não ver o mundo”, reforçou.

Sobre as especulações em torno da indicação de um novo diretor para a área internacional, Graça descartou o nome de Alexandre Pena, que foi gerente executivo da Petrobras Distribuidora (BR) na gestão dela. Graça não confirmou o outro nome apontado, José Carlos Vilar, atual gerente executivo da empresa, mas destacou sua competência gerencial.

A própria Graça Foster vem respondendo pela Diretoria Internacional da Petrobras, desde a saída de Jorge Zelada, no último dia 23. O nome do novo diretor pode ser anunciado sexta-feira (3), quando Conselho de Administração da empresa se reúne para divulgar o balanço do primeiro semestre deste ano.

Do Terra

Comentários fechados.

Ig
agosto 2012
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Curta!
Mulheresnopoder