"Ajudando as mulheres a liderar, vencer, governar." ✫Desde 2009✫

Arquivos para a junho 4th, 2012

Assusete Dumont Reis Magalhães

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) se reúne na próxima terça-feira (5), a partir das 14h30, para sabatinar a desembargadora federal Assusete Dumont Reis Magalhães, indicada ao cargo de ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O relator, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), diz em seu voto que a indicada “possui envergadura intelectual e estatura moral para bem exercer a judicatura no STJ”.

Assusete Magalhães, mineira da cidade de Serro, foi procuradora da República e, depois de se tornar desembargadora, presidiu o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com jurisdição sobre 13 estados e o Distrito Federal.

A juíza foi indicada pela presidente da República, Dilma Rousseff, a partir de lista tríplice, para a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Aldir Guimarães Passarinho Junior. Se aprovado, após votação secreta, o nome da juíza será apreciado pelo Plenário do Senado.

 Do Jornal do Senado

Lançamento do Brasil Carinhoso

A presidente Dilma Rousseff reiterou nesta segunda-feira (4/6) que o benefício oferecido pelo programa Brasil Carinhoso começa a ser pago no dia 18. A partir dessa data, famílias extremamente pobres com crianças menores de 6 anos passam a receber no mínimo R$ 70 por pessoa como forma de complementação de renda.

“Uma família com um casal e três filhos que tenha uma criança com menos de 6 anos de idade recebia, até agora, R$ 166 [referente ao Bolsa Família]. A partir do dia 18 de junho, essa família pode receber até R$ 350. Por quê? Porque são três filhos e um casal – cinco pessoas. Cinco vezes sete: R$ 350”, explicou.

No programa semanal Café com a Presidente, Dilma lembrou que o novo benefício será pago no mesmo cartão do Bolsa Família. Ela destacou ainda que o Brasil Carinhoso vai ampliar a distribuição gratuita de medicamentos. A partir de hoje, drogarias credenciadas à rede Aqui Tem Farmácia Popular passam a oferecer três tipos de remédio para asma.

“O Ministério da Saúde observou que a asma é a segunda principal causa de internação de crianças até 5 anos no Sistema Único de Saúde (SUS). O uso correto dos remédios pode diminuir muito as complicações da doença, a necessidade de internação e até mesmo a mortalidade dessas crianças”, disse.

Dilma destacou ainda que o governo pretende ampliar a prevenção e o tratamento de doenças por meio da distribuição de vitamina A durante as campanhas nacionais de vacinação. Haverá também oferta de suplemento de ferro nas unidades básicas de saúde para quem tiver indicação médica.

Do Correio Braziliense

Arte RatoFX

As drogarias credenciadas no programa Aqui Tem Farmácia Popular começam hoje a distribuir gratuitamente remédios contra a asma. Os três medicamentos – brometo de ipratrópio, diproprionato de beclometasona e sulfato de salbutamol – estarão disponíveis em mais de 20 mil estabelecimentos em todo o País. Para retirar os remédios, é preciso apresentar um documento com foto, o CPF e a receita médica dentro do prazo de validade.

A prioridade é atender crianças com até 6 anos, já que a asma está entre as principais causas de internação nessa faixa etária. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2011, do total de 177,8 mil internações no Sistema Único de Saúde (SUS) em decorrência da doença, 77,1 mil foram crianças com essa idade. Além disso, cerca de 2,5 mil pessoas morrem por ano por causa da asma.

A incorporação desses medicamentos deverá ampliar o orçamento atual do Programa Saúde Não Tem Preço para R$ 30 milhões ao ano. Atualmente, o Farmácia Popular atende a 200 mil pessoas que buscam remédios para a asma, mas a previsão é que a gratuidade beneficie até 800 mil pacientes por ano.

Do Terra

Rainha Elizabeth 2ª (na foto ao lado de Camilla e Kate) protagonizou procissão fluvial no Tâmisa

Uma procissão de mil barcos no rio Tâmisa, neste domingo, está sendo um dos pontos altos das comemorações dos 60 anos de reinado de Elizabeth 2ª no Reino Unido.

Os britânicos estão tendo quatro dias de festas em comemoração pelo jubileu de diamante – que até então só havia sido celebrado pela rainha Victoria, que reinou de 1837 até sua morte, em 1901.

O passeio pelo Tâmisa foi sendo acompanhado por milhões de britânicos pela TV e nas margens do rio, apesar do mau tempo em Londres. Enquanto isso, diversas festas de rua estão sendo organizadas pelo país em comemoração pelo jubileu.

Elizabeth 2ª, acompanhada de seu marido, o duque de Edimburgo, e de outros membros da realeza, viajou da Ponte Albert, no oeste do rio, até a Tower Bridge, no leste, a bordo de uma luxuosa embarcação real decorada com 10 mil flores.

O Tâmisa é parte crucial da história britânica desde a época dos romanos, e procissões por suas águas foram usadas diversas vezes em demonstrações de poder de monarcas.

Cerca de 20 mil pessoas estavam a bordo das mil embarcações que participaram da festa, descrita como a de maior magnitude no Tâmisa nos últimos 350 anos. A famosa Tower Bridge foi erguida para a passagem do barco real, e a cerimônia contou com diversas apresentações musicais, incluindo a Filarmônica de Londres, que se apresentou em uma das embarcações.

Ao mesmo tempo, as margens do Tâmisa receberam alguns manifestantes republicanos, que criticam as despesas feitas na comemoração do jubileu.

A procissão pelo rio deverá custar mais de R$ 30 milhões, financiados por doações privadas, mas os custos de segurança recairão sobre os impostos.

Show e desfile

Na segunda-feira, um show de música com artistas como Shirley Bassey, Elton John e Jessie J será transmitido do palácio de Buckingham; e, na terça-feira, uma carruagem de 1902 buscará Elizabeth 2ª em uma missa de ação de graças na Catedral de São Paulo e a levará para um desfile por Londres.

O centro da capital está todo decorado com bandeiras britânicas e lojas estão repletas de produtos associados à realeza. Algumas pesquisas de opinião indicam um aumento na aprovação popular da monarquia britânica por conta das comemorações.

Elizabeth 2ª é rainha desde 1952, após a morte de seu pai, o rei George 6º. Ela é chefe de Estado do Reino Unido e dos países da Commonwealth (entre eles, Austrália, Canadá, Jamaica e Nova Zelândia).

A rainha não tem poderes executivos ou legislativos, mas cabe a ela declarar de maneira protocolar quando o país está em estado de guerra ou paz, liderar as Forças Armadas, proclamar a dissolução do Parlamento e ratificar tratados internacionais, entre outras atribuições, como receber convidados estrangeiros e representar o país no exterior.

Sua importância é apontada também pelo fato de ser “um símbolo de unidade e orgulho nacional”.

Leia o restante »

Ig
junho 2012
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Curta!
Mulheresnopoder