"Ajudando as mulheres a liderar, vencer, governar." ✫Desde 2009✫

Arquivos para a outubro, 2010

Dilma Rousseff será a primeira mulher a presidir o Brasil.

Marcelo S. Tognozzi

Dilma Rousseff, presidenta eleita
Dilma Rousseff, presidenta eleita

Eleita no segundo turno, a presidenta Dilma Roussef (ela gosta de ser chamada de presidenta, no feminino) será a quarta mulher a governar um país no Cone Sul e a primeira a dirigir o Brasil. Eleita graças ao empenho pessoal do presidente Lula, que banco seu nome e tornou-se seu principal cabo eleitoral, Dilma não terá vida fácil pela frente. Embora tenha maioria no Congresso, ela terá de acomodar os aliados, que já começaram a brigar, a exemplo do embate PT x PMDB pela presidência da Câmara, eleição marcada para fevereiro do ano que vem.

A aliança que elegeu Dilma é eclética e abriga deste o PT, passando pelo PMDB, até o PP do senador Francisco Dornelles (RJ). Para uma presidenta que chega ao Palácio do Planalto sem nunca ter disputado antes uma eleição, a relação com o Congresso será importante para o sucesso do governo. Dilma tem a aparente vantagem de um vice acostumado a lidar com deputados e senadores. O deputado Michel Temer já foi três vezes presidente da Câmara e não perdeu nenhuma disputa séria em que se meteu desde que chegou à Brasília, eleito deputado por São Paulo, em 1995.

Agora tudo será festa, mas a partir de janeiro Dilma terá de administrar um governo complexo e delicado, tanto pela relação com o PMDB (rejeitado por setores do PT), quando com o próprio PT e demais aliados ávidos por cargos e por ocupar espaços na máquina pública.

Dilma também terá de enfrentar uma oposição um pouco mais articulada, embora menor. Ao contrário de Lula, Dilma não é um mito. A oposição passou oito anos com medo de bater em Lula e agora, tudo indica que não terá o mesmo medo em relação a Dilma.

A nova presidenta também terá de administrar seu temperamento explosivo. Num dos debates da campanha, por exemplo, reclamou dos risos da platéia. Numa outra atividade da campanha deu uma bronca numa ativista do Green Peace que exibia um cartaz pedindo desmatamento zero para Amazônia.

Estas dificuldades iniciais são normais no início de qualquer governo. Dilma deve superá-las. Ou melhor: administrá-las. A questão central é que para a maioria Dilma ainda é uma desconhecida. Vamos ver quais surpresas ela nos reserva a partir de agora.

Dilma deve ser eleita com 58% dos votos

Votos válidos:

Dilma (PT): 58%

José Serra (PSDB): 42%

A pesquisa foi realizada no dia 31 de outubro de 2010. Foram entrevistados 54.400 eleitores.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Solicitante: TV Globo

Registro: 38.132/2010 (TSE)

Veja as capas pioneiras da famosa revista de moda

vogue 2

É provavelmente a revista mais famosa do mundo, a mais vendida, a mais influente e a mais criticada. Quando apareceu nos EUA, em 1892, poucos vaticinariam um tão grande sucesso e uma vida tão longa a uma publicação que tinha como tema a moda, a vida mundana e o design. Mais de cem anos volvidos é traduzida e publicada em várias línguas em países tão díspares como a Índia, o Japão, a Rússia, a Grécia ou a China, continuando a fazer a apologia do luxo, do estilo e da vida social. A Vogue não se limita a ditar a moda: é a moda. Basta olharmos para as suas capas para ali vermos espelhado todo o século que atravessou, não o mundo real, necessariamente, mas os seus ideais, sonhos, aspirações, ilusões e desilusões.

vogue 3

As capas da edição inglesa, iniciada em Setembro de 1916, estão particularmente bem documentadas e são muito expressivas. Nesta época tudo é feito à base de ilustrações, belos desenhos muito próximos da arte vanguardista de então com linhas estilizadas, manchas de cor lisa, composições geometrizadas e imaginativas acompanhadas por uma tipografia escorreita. A figura feminina – a mulher moderna – é presença constante e exibida em poses elegantes em ambientes luxuosos ou exóticos junto de dinâmicos automóveis e imponentes transatlânticos. Chapéus, boquilhas, colares, cachecóis e outros adereços rodeiam-na. É a estética triunfante do Art Déco que se apodera das artes, da tipografia à arquitectura.

Vogue 1

A revista continua neste tom ao longo de cerca de duas décadas. Em 1932, porém, na edição de Julho, surge um sinal de mudança: aparece a primeira fotografia, retratando uma mulher sentada, de fato de banho e touca, segurando uma bola de praia acima da cabeça. Os editores, ou melhor, as editoras da revista talvez não se tenham apercebido imediatamente do potencial desta expressão artística, uma vez que continuou a predominar o recurso à ilustração. Somente a partir de 1940 a utilização de fotografias se generalizou e passou a predominar. Para trás ficaram mais de vinte anos de belos desenhos plenos de charme e nostalgia, imagens de um tempo e modo de vida que talvez nunca tenha verdadeiramente existido.

Para ver mais acesse o Obivous

Tecnologia visa a mobilidade para aumentar o numero de atendimentos.

mamografo

Cientistas da Universidade de Manchester, na Inglaterra, desenvolveram um aparelho portátil capaz de examinar os seios e detectar tumores. Ele substitui a mamografia tradicional, não utiliza gel especial e possui o tamanho de um notebook.

A tecnologia conta com um sistema mais rápido de escaneamento, por frequência de rádio, que é menos intrusivo em relação ao processo tradicional da mamografia por raios-X. Além disso, o método é indolor, oferece menos doses de radiação ao corpo humano e permite que mulheres que estão dentro do quadro de risco da doença possam se monitorar com regularidade.

Segundo o site PopSci, a intenção do aparelho é fazer com que mais mulheres tenham acesso ao exame de mamografia de maneira simples e objetiva.

Um vídeo com o aparelho em uso pode ser visto pelo atalho http://bit.ly/dui0qI

Com informações do Portal Terra

coco babacu Pequenas exportam.

Associação formada por quebradeiras de coco de babaçu, no Maranhão, exporta a produção de óleo, mesocarpo e sabonete para Europa e Estados Unidos. Mercado árabe é considerado potencial.

A produção sustentável e o comércio justo transformaram a vida de centenas de famílias do estado do Maranhão. Unidas por entidades como a Associação em Áreas de Assentamento no Estado do Maranhão (Assema), as quebradeiras de coco de babaçu recebem orientação e apoio para tornar a coleta de fruto ecologicamente correta e rentável. O trabalho é árduo. É preciso catar o coco, depois de quebrá-lo e selecionar as amêndoas. Só então, em pequenas fábricas, o babaçu é transformado em óleo, farinha de mesocarpo e sabonete que já são exportados para Europa e Estados Unidos.

De acordo com Valdener Miranda, técnico de comercialização da Assema, praticamente metade da produção já é enviada ao mercado externo, mas há grandes possibilidades de aumentar o número de clientes no exterior. “Estamos buscando novos clientes estrangeiros e por isso sempre participamos de feiras como a Sana e Terra Madre, na Itália, e a Biofach, na Alemanha. Ainda não fechamos nenhum contrato com importadores árabes mas temos muito interesse na região”, afirma.

“Hoje existe uma grande preocupação mundial com a questão ambiental e os produtos orgânicos estão cada vez mais valorizados. Tanto o óleo quanto a farinha de mesocarpo têm certificação orgânica do IBD (Instituto Biodinâmico)”, destaca.

A Assema funciona como grande guarda-chuva que abriga associações menores como a Associação das Mulheres Trabalhadoras Rurais (Amtr), que fica em Lago dos Rodrigues e produz quatro mil unidades de sabonetes ao mês; a Cooperativa dos Pequenos Produtores Agroextrativistas de Lago do Junco (Coppalj), instalada no município Lago do Junco e com produção mensal de 18 toneladas de óleo de babaçu orgânico, feito a partir da amêndoa da fruta e utilizado para a produção de cosméticos e produtos de higiene e limpeza.

Com esse mesmo perfil, há ainda a Cooperativa dos Pequenos Produtores Agroextrativistas de Esperantópoles (Coopaesp), que fica em Esperantópolis e produz nove toneladas de mesocarpo de babaçu, uma espécie de amido que além de servir de matéria-prima para a indústria cosmética é utilizado como complemento na merenda escolar.

Inglaterra, Alemanha e Itália são os principais compradores no exterior. No mercado interno, os produtos são comprados por pequenos lojistas a grandes fabricantes de cosméticos como a Natura.

Colheita garantida por lei

A Lei Municipal do Babaçu Livre, de 1997, permitiu às quebradeiras de coco da região de Lago do Junco colher os frutos caídos no chão, independentemente da posse da terra. O exemplo passou a ser seguido por outros municípios como forma de garantir uma nova perspectiva de vida à população e maior consciência sobre a preservação do meio ambiente.

A Assema:

A Associação em Áreas de Assentamento no Estado do Maranhão (Assema), fundada em 1989, comercializa óleo de babaçu, farinha de mesocarpo do babaçu, sabonete de babaçu, folhas de papel reciclado com fibras de babaçu, embalagens em palha de babaçu trançada (caixinhas), é integrada por cerca de 2.500 famílias e está localizada em Pedreira, no estado do Maranhão.

Por Geovana Pagel, para o Site do Itamaraty.gov.br

73553_443797122150_693812150_5382740_7528726_nNossa Senhora de Louis Vuitton…

capital fashion week

A edição Verão 2011 do Capital Fashion Week, evento que acontecerá nos dias 23 a 26 de novembro, dará nesta edição prioridade à criação local, seguindo duas vertentes: o lançamento nacional de jovens estilistas da região Centro-Oeste – escolhidos através do concurso denominado Novos Talentos; e a valorização das fábricas e estilistas locais de confecções, jóias, bolsas, sapatos, acessórios e artesania.

A evolução das grifes que surgem em Brasília é constante, favorecida pelo fato de que a cidade, reconhecidamente, detém a maior renda per capita do Brasil, hoje distribuída por uma população de 2,5 milhões de habitantes.

O evento contará com desfiles e para completar, o Capital Fashion Business, evento paralelo voltado para os empresários, que comercializa moda e busca parceiros comerciais para consolidar canais de distribuição que atuam em um mercado diferenciado.

Mais informações no site do evento.

Com informações do Blog Closet

Brincadeira entre mulheres nas redes sociais chama a atenção para o  mês de combate ao câncer de mama.

Facebook cancer de mamaQuem utiliza e-mail, ou outro tipo de comunicação eletrônica, já deve ter se deparado com uma corrente. A famosa mensagem, mandiga ou simpatia que sempre termina com “envie para 10 pessoas na sua lista“, ganha agora uma função mais social. Popular desde a época do correio escrito, a corrente é uma forma eficaz de divulgar uma idéia para um grande numero de pessoas. Pensando nisso, para promover que Outubro é o mês de combate ao câncer de mama, foi criada uma brincadeira nas redes sociais. A carta segue abaixo. Participe!

Uma amiga minha veio com a idéia de que as mulheres devem fazer algo especial no Facebook para aumentar a conscientização e a visibilidade do mês de Outubro como o mês para combater o câncer de mama.

É uma coisa fácil de fazer e peço a voces para participar todas juntas, para tornar este evento memorável.

No ano passado, a idéia era escrever a cor de seu sutiã, no Facebook. Esta iniciativa mulheres deixaram os homens curiosos por dias, enquanto cada mulher escreveu cores aparentemente aleatórios.

O jogo deste ano refere-se a sua bolsa. Tem que escrever o seu lugar onde vc deixa sua bolsa, ao chegar em casa, então “eu gosto …” e depois o lugar. Por exemplo, “eu gosto no sofá” ou “Eu gosto da cadeira da cozinha” ou “eu gosto na mesa de jantar.”

Vocês entenderam?
Bem, escrever a resposta na pagina principal do face (e não em resposta a esta mensagem) e enviar esta mensagem para as mulheres divertidas do seu face book. O jogo de cores de sutiãs saiu ate nos jornais da Europa, ja que essa brincadeira começou la! Procuramos fazer o mesmo com esta nova iniciativa aqui no Brasil e demonstrar como as mulheres são poderosas!

LEMBRE-SE – escrever a resposta na pagina principal do seu face e não responda a esta mensagem. Copie isso e envie para quanto mais mulheres possiveis..

Beijos a todas!!”

Empresa francesa vende celular Startac em versão repaginada

get star tac

Lembra do Startac, celular da Motorola que fez sucesso nos anos 90? Os saudosistas do primeiro celular “de concha” podem agora comprar um modelo reciclado que funciona com os chips das operadoras atuais e faz ligações como se tivesse nascido ontem.

O produto é da Lëkki, empresa francesa que se propõe a vender eletrônicos ecologicamente corretos a partir da reciclagem de aparelhos antigos. No caso do Startac, a reciclagem exige a troca dos eletrônicos para que ele possa funcionar em operadoras atuais, e também uma certa atualização estética: os detalhes ou mesmo o aparelho inteiro podem vir em cores mais vibrantes que o tradicional preto.

Além de fazer ligações, o aparelho também manda mensagens SMS, mas a digitação é à moda antiga, em que se tecla várias vezes o mesmo número para chegar à letra desejada. E mesmo sendo GSM, ele não funciona em todas as operadoras brasileiras, pois opera somente na faixa de 900MHz.

Ainda na linha ecológica, a Lëkki se compromete a comprar de volta o aparelho para que ele não vá ao lixo. Mas o preço que ela paga é de somente 15 euros (R$ 35,70), cerca de 10% dos 149 euros (R$ 357) que ela cobra pelo aparelho que vende. Quem estiver pela Europa e gostar do jeito Spock de falar ao telefone pode saber mais informações indo ao site da Lëkki:  http://goo.gl/BvJ0

Com infromações do Portal Terra

Marta Vieira da Silva, a Marta do futebol é indicada pela Fifa e vai concorrer ao penta de melhor jogadora do mundo.

martaE a menina de Dois Riachos continua a encantar o mundo. Em ano de copa do mundo, a eleição de melhor jogador e jogadora do mundo, realizado pela Fifa, tende a dar destaque para a copa masculina, realizada neste ano na África do Sul.

Mas premiação da Fifa que se preze, tem que ter a Marta. E esse ano não será diferente.Ela foi a unica mulher brasileira lembrada. A lista conta ainda com 3 brasileiros, os laterais Daniel Alves e Maicon, e Julio Cesar, goleiro.

Considerada favorita, Marta disputara a premiação com Camille Abily (FRA), Fatmire Bajramaj (ALE), So Yun Ji (CDS), Birgit Prinz (ALE), Caroline Seger (SEE), Christine Sinclair (CAN), Kelly Smith (ING), Hope Solo (EUA) e Abby Wambach (EUA).

Ig
outubro 2010
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Curta!
Mulheresnopoder